BLOG

TODOS OS ARTIGOS

Homem a correr na estrada

A motivação depois dos 30 anos

Para algumas pessoas, fazer 30 anos é um autêntico filme de terror. Para outras, é quando ganham uma nova perspetiva acerca da sua mortalidade, e para uma minoria é apenas um número. Chegar aos 30 anos costuma gerar um período de reflexão. Geralmente, é quando fazemos a primeira grande avaliação sobre todas as áreas da nossa vida. Raras são as pessoas que chegam aos 30 e sentem que realizaram os seus sonhos. A pressão social. Praticamente todas as pessoas de 30 anos com quem falei sobre este tema, afirmaram sentir

Homem de fato com máscara de macaco

E se todos os conselhos fossem inúteis?

Gostaria por momentos que imaginasse que vivemos num mundo, onde todas as pessoas são desnorteadas, insensatas e burras. Menos você. Muitas oportunidades mas ninguém a quem pedir opinião. Neste mundo imaginário, pode conquistar o que quiser, tal como naquele em que vivemos. A principal diferença, é que todos os conselhos são inúteis. As oportunidades estão disponíveis e à espera de serem aproveitadas, só que não existe absolutamente ninguém a quem pedir conselhos. Ou melhor… Pode pedir opiniões a quem quiser, mas sabe que todos os conselhos que alguma vez lhe

Máquina de escrever antiga

Porque é que escrevo

Já estava na altura de um artigo deste género. Embora este texto seja acerca de mim, estou certo de que outras pessoas poderão retirar daqui algumas ideias. Em todo o caso, ficará gravada esta entrada no meu blog para que possa sempre recordar-me dos motivos que me levaram a enveredar por este caminho. Como tudo começou. Quando comecei a escrever, o meu objetivo era trabalhar na indústria do desenvolvimento pessoal. Quis criar um ebook que seria um dos produtos que colocaria à venda, para além de webinars, podcasts e vídeos.

Homem sozinho na chuva que encontrou a luz

O seu melhor ainda pode estar para vir

Todos nós chegamos a uma idade em que quando olhamos para o passado, ficamos com a impressão de que a maioria do nosso tempo na Terra já foi vivido. Essa sensação costuma vir acompanhada da ideia de que se nunca realizámos nada de importante na vida até ao momento, não o faremos nunca mais. Quando achamos que já demos tudo o que tínhamos. Gostaria com este artigo de poder reverter um processo pelo qual possivelmente passou se tem mais de 27 anos. Ou seja, poder trazê-lo de volta à vida. Dizem que os 30 são os novos 20, os

Sala degradada e cheia de tralha

Quer ser produtivo? Deixe de tentar criar o ambiente perfeito

Acho incrível como é que tantos autores que admiro gostam de dar orientações sobre como criar um bom ambiente de trabalho. Não que haja alguma coisa errada em se criarem circunstâncias adequadas antes de começar a estudar, trabalhar ou praticar alguma habilidade. O meu problema com esses conselhos é que quem os dá, fá-lo como se fosse imprescindível criar o ambiente perfeito para se conseguir fazer alguma coisa. Os ambientes perfeitos não existem. Acredito que a maior parte das pessoas que querem realizar feitos importantes nas suas vidas, raramente têm

Livro num mesa com uma vela

O mito da preparação

Admito que não estou minimamente preparado para escrever este artigo. Depois do sucesso do último longo e trabalhado texto que publiquei. Tenho a sensação de que tudo o que vou escrever agora vai ser completamente desinteressante. “As 10 lições de vida que aprendi como blogger”, demorou sensivelmente o dobro do tempo a ser criado do que aquele que costumo demorar a escrever um artigo. Tem também o dobro do tamanho habitual. O mito da preparação, curiosamente, é um tema que está à espera há já algum tempo na minha lista

Macbook numa mesa no Starbucks

As 10 lições de vida que aprendi como blogger

Este é o artigo nº 50 deste blog. Para além destes 50 artigos, foram criados centenas de posts nas redes sociais e dois ebooks. Ao longo dos últimos três anos muita coisa aconteceu. Os erros de quem começa do zero. Nos primeiros meses de vida deste blog, os únicos visitantes eram os meus amigos, e só depois de os chatear muito para lerem os meus artigos.  Artigos esses que hoje em dia foram rescritos na totalidade, se bem que alguns foram mesmo apagados por serem tão maus e sem recuperação possível. Nos últimos dois

Mãos a segurar numa câmera

Como deixar de se importar com o que os outros pensam

Há muitos anos que sou acusado de não me importar com o que os outros pensam. Já fui por diversas vezes chamado à atenção por não ligar patavina à opinião de outras pessoas, e nessas alturas devo ter respondido algo como… … bem, não me importo o suficiente para me lembrar. Se os pensamentos das outras pessoas têm muita influência no seu bem-estar. Torna-se imprescindível tomar uma atitude.   Francamente, é altamente improvável que saiba o que os outros pensam genuinamente. Ainda assim, se está a ler este artigo, é

Pessoas a caminhar aleatoriamente

Como é que a sua vida veio aqui parar?

Alguma vez se perguntou como raio é que a sua vida chegou ao ponto em que está? É provável que sim. Todos nós nos fazemos essa pergunta em determinada altura das nossas vidas. É curioso como as coisas nunca acontecem exatamente como as planeamos. Ainda assim, somos capazes de alcançar metas importantes, mesmo quando as circunstâncias parecem desfavoráveis. O futuro é incerto. Mas não assim tanto. Isto significa que embora o futuro seja incerto, há também uma vertente previsível neste. Essa vertente previsível engloba as áreas onde conseguimos agir com um

Ampulheta no chão

Quando colocamos as nossas vidas em espera

Desde o primeiro dia em que criei este blog que o fiz com o objetivo de servir como ferramenta para todas as pessoas que precisam de recursos, conhecimentos e até inspiração para alcançarem as suas metas. Após ter escrito quase 50 artigos neste espaço, apercebo-me que existe um tema acerca do qual pouco ou nada falei, e de que já está mais do que na altura de lhe dedicar um artigo completo. O momento presente. Adiar o presente para um futuro melhor. Este tema não vem por acaso. Há uns dias,

Homem à frente de um computador frustrado com as mãos na cabeça

Como lidar com o bloqueio de escritor

Sempre que oiço alguém dizer que está com bloqueio de escritor, a primeira coisa que me vem à cabeça, é que essa pessoa simplesmente não tem hábitos de escrita. E em 90% das vezes, estou certo. A não ser que já tenha rotinas de escrita incorporadas, e que nas alturas em que normalmente escreve não o consiga fazer, essa pessoa não tem bloqueio de escritor. Apenas nutre a fantasia de um dia escrever alguma coisa. A imprevisível inspiração. Quando se tem o hábito de escrever diariamente, umas vezes a inspiração

Boneco azul a acabar um puzzle

O poder de fazer um pouco todos os dias

Quem nunca ouviu um amigo ou um familiar dizer “se queres alguma coisa, atira-te de cabeça”? Não esquecendo a famosa história acerca de um líder militar que assim que desembarcou com as suas tropas no território do inimigo, mandou os soldados queimarem os próprios barcos para evitarem pensar numa eventual fuga e serem obrigados a vencer a batalha. História essa que não tem qualquer registo histórico, sendo apenas um mito. Por mais inspiracional que seja. A insustentabilidade do excesso de trabalho a longo prazo. Expressões como “dar o nosso melhor” e “ou

Ovelhas sujas em terreno seco e árido

Como é que o condicionamento social arruinou as nossas vidas

Este, é o meu inimigo de longa data. Aquele que silenciosamente, arruinou a primeira metade da minha vida. Hoje em dia agradeço-lhe, embora se eu não tivesse descoberto a sua existência, estou certo de que ele ainda estaria a fazer das suas. Muito pode ser dito sobre o condicionamento social. Embora este seja apenas um artigo acerca do mesmo, tenho a certeza de que um dia lhe dedicarei um livro inteiro. O condicionamento social entrou muito cedo nas nossas vidas e nunca mais nos abandonará, pelo menos não na totalidade. E

Três ovos dourados em ninhos

Como descobrir a sua galinha dos ovos de ouro

Vivemos numa era em que é possível aprender praticamente qualquer coisa. Não importa o conhecimento que queira adquirir, basta uma pesquisa na internet e encontrará uma grande variedade de vídeos, blogs e outros recursos que lhe podem ensinar desde as fundações, até às partes mais avançadas. Mas, por mais alta que seja a qualidade e por mais bem estruturada que esta informação esteja, só o levará até um certo patamar. As estratégias que mais resultados lhe podem trazer dentro da sua área, são aquelas que são desenvolvidas por si, ao

Mãos a segurar iphone

Como tirar um dia de folga e outras dicas para workaholics

Este artigo foi escrito a pensar principalmente numa pessoa, eu! Durante muito tempo, mantive um estilo de vida em que simplesmente não tirava dias de folga, acreditando que desta forma, conseguiria alcançar as minhas metas mais rapidamente. Num dia normal, assim que me sento à frente do computador para começar a trabalhar, durante os primeiros 10 ou 20 minutos, tenho como hábito ver alguns vídeos motivacionais. O suficiente para ter a minha dose de inspiração diária e para me relembrar de que tudo é possível. Só que em quase todos estes

Folha em branco com lápis, borracha e uma lâmpada

Se já sabe fazer o que resulta, não invente!

Após ler o título deste artigo é possível que tenha pensado: “obrigado por citar o óbvio José Lança”. Ainda assim escolheu lê-lo e se costuma acompanhar este blog, então já tem uma ideia do que aí vem. Este artigo não é sobre como descobrirmos o que fazer para alcançar as nossas metas, mas antes sobre aquelas alturas em que damos por nós a falhar redondamente no que costumávamos fazer com uma perna às costas. Persistência + consistência = resultados! Não é segredo algum que os nossos maiores sonhos são os

Bolso com notas de fora

Afinal parece que o dinheiro traz mesmo felicidade

Devo dizer que sempre achei muito pirosa a famosa frase “O dinheiro não traz felicidade”, e que nunca a vi ser utilizada por alguém que não estivesse com problemas financeiros. Longe de mim pensar que o dinheiro é tudo na vida, apenas sei que quem não tem o mínimo necessário para as necessidades básicas, tem maior tendência para sentir elevados níveis de stress. Não é apenas uma questão de viver luxuosamente. Não se trata apenas de viver uma vida confortável. Trata-se de poder ter acesso a cuidados de saúde quando

Campa na relva em dia de sol

A morte, este estranho conceito

Nesta data, quando subscreve o blog Desbloqueie-se, recebe um email no qual revelo os três segredos da minha produtividade. Se tivesse de acrescentar um quarto segredo, sem dúvida que seria este: Ter a noção de que vou morrer um dia. A perceção que tenho da minha própria mortalidade pode ser totalmente diferente da perceção que tem da sua. Faço esta afirmação com base na experiência que tive nos meus 29 anos, uns meses antes de fazer os 30, em que percebi que vou mesmo morrer um dia. É claro que

error: Content is protected !!