BLOG

TODOS OS ARTIGOS

Teatro vazio

Quer ser um espectador da sua vida?

Quando estou em sítios públicos muito movimentados, como na baixa da cidade ou em centros comerciais, por vezes observo a imensidão de pessoas que aí anda e pergunto-me quantas delas vivem com uma determinada intenção, e quantas serão umas espectadoras das suas próprias vidas. Pensando em todas as pessoas com quem tenho ou tive contato direto desde que me lembro, contanto com familiares, amigos, clientes, parceiros de negócios, professores e todas as pessoas que por algum motivo se cruzaram no meu caminho, é fácil perceber que uma grande parte deixa simplesmente

Homem com uma imagem de uma lâmpada

O génio já está em si, só tem de o desenvolver

Existe uma conceção totalmente errada acerca do talento. Embora tenha sido provado uma e outra vez que este é desenvolvido pela prática, continua a ser uma crença comum de que quem não nasce com um determinado dom, nunca terá talento para nada, e caso tenha de facto algum, que este se manifestará sozinho sem qualquer prática, treino ou estudo. É com grande desapontamento que observo frequentemente pessoas dotadas de um talento excecional, mas que nunca fazem nada com ele. O famoso pintor italiano Michelangelo que esteve deitado de costas durante

Homem em stress

Porque é que está sobrecarregado e o que fazer

Não importa como gere o seu tempo, qual a sua atividade profissional, ou até se está desempregado. Haverá sempre ciclos na sua vida em que parece existir uma infinidade de afazeres que deveria de realizar, mas que por algum motivo, tem de estar constantemente a adiar. A sensação de estar sobrecarregado gera stress, dá-nos cabo dos neurônios e faz com que a nossa energia se esgote rapidamente. Jamais conseguirá o controlo absoluto. Ainda que seja um expert na gestão do seu tempo, lamento informá-lo de que nunca será o suficiente para

Hipopótamo deitado a descansar

A falta de consistência nas suas ações

Este blog chama-se Desbloqueie-se, e o tema é o desenvolvimento pessoal e a produtividade. Normalmente, as pessoas que leem artigos acerca destes tópicos têm metas específicas que querem concretizar. Algumas dessas pessoas vão atrás dessas metas com tudo aquilo que têm, outras esforçam-se consideravelmente, e umas quantas têm um ritmo lento, mas ainda assim, fazem aquilo a que se comprometem. Os inconsistentes. Para além destes, existe ainda um outro tipo de pessoas que lê sobre estes temas. Este tipo, tem por hábito estabelecer uma meta, esforçar-se para a atingir durante

Homem a ver jogo de rugby

O medo de não ser bom o suficiente

Existem algumas coisas que embora não sejam visíveis à superfície, são comuns a quase todo o mundo. O medo de não ser bom o suficiente é sem dúvida uma delas. Quando pensa naquelas pessoas que são consideradas excecionais naquilo que fazem, tanto as que são humildes como as que agem de maneira arrogante, pode não lhe passar pela cabeça que têm esse tipo de pensamentos. A insegurança é universal. Todos nós temos de lidar com esse medo. No meu caso em concreto, sei que tenho muitos leitores mais inteligentes e

Relógios amontoados

Porque é que deve ser inflexível com o seu tempo

O tempo é das poucas coisas distribuídas de forma igual por toda a gente. Cada dia tem 24 horas e é assim em todo o mundo. Pode pensar que tem mais responsabilidades do que outras pessoas, ficando com pouco ou nenhum tempo durante o dia. Contudo, a sua agenda diária é um reflexo das suas prioridades. O mais importante são as rotinas diárias. Tendo em conta que nós humanos somos criaturas de hábitos, temos a tendência maioritariamente inconsciente de repetir os mesmos comportamentos e as mesmas ações numa base diária, ou seja,

Homem no topo de uma montanha

Como voltar ao de cima após uma grande queda

A jornada de quem corre atrás de objetivos de longo prazo é cheia de aventuras e de peripécias. O caminho que é feito ao longo dessa jornada nunca é em linha reta, são várias as vezes em que surgem obstáculos que nos deixam sem fazer a mais pequena ideia de como os ultrapassar. Por vezes, as barreiras podem ser contornadas, outras vezes, é necessário saltar por cima destas e nalgumas situações, têm mesmo de ser derrubadas. Aqueles que mantêm os olhos no seu objetivo sem se esquecerem do porquê do

Mesa com martelo, machado e outras ferramentas

Seja tosco e imperfeito, mas seja rápido!

Quer na vida pessoal quer na carreira, existe quase sempre uma necessidade de inovação e de auto-atualização. A aprendizagem é um processo continuo e que ocorre a longo prazo. Mesmo que não façamos nada com esse fim, a vida trata disso por nós. Ter resultados é algo que lhe interessa, e aposto ainda que acredita até certo ponto ser o responsável por estes. Concordo absolutamente com a ideia de que podemos tomar ações intencionalmente de forma a ter os desfechos que pretendemos. Por outras palavras, que o poder de obtermos o que

Pessoa deitada de barriga para baixo numa cama

As emoções que precisa para começar a agir

Se o título deste post chamou a sua atenção, é porque há uma grande probabilidade de ter sido escrito a pensar em si. Existe alguma coisa que quer começar e tem vindo a adiar? Quer seja uma tarefa simples como lavar a loiça ou algo mais difícil como redigir a tese de um doutoramento, é quase certo ter em mente algum afazer que lhe está a causar ansiedade, mas não a suficiente para meter mãos à obra. A palavra procrastinação tornou-se extremamente popular nos últimos anos. Fiz uma pesquisa em vários

Acrobacia de motocross

O único recurso de que precisa – desenvoltura

O que é afinal a desenvoltura? A desenvoltura, é nada mais do que a capacidade de obter o resultado pretendido com os recursos de que dispõe no momento. Esta é uma habilidade que requer determinação e criatividade, mas se a conseguir desenvolver, pode compensar a falta de qualquer recurso externo que precise para realizar o que pretende. Todavia, existe uma condição que tem um papel fundamental. Se não conseguir adotar a atitude necessária, diga adeus à sua desenvoltura, uma vez que não vai vê-la nem de passagem. A atitude a que

lupa e papéis

Foque-se ou deixe-se levar para uma vida que não quer

O foco, é uma das habilidades mais importantes que pode desenvolver. Sem este, a grande maioria dos seus esforços podem tornar-se infrutíferos. O foco é o ponto ou o lugar onde se concentra a energia ou o esforço. Realizar uma atividade estando focado na mesma tem um resultado completamente diferente do que realizar a mesma atividade, durante o mesmo tempo, sem estar minimamente focado.  Para a maioria das coisas, fazer algo estando focado não é mais cansativo do que as fazer sem o estar. As vantagens de trabalhar com foco. Curiosamente, se

Cinturões negros de karaté

Como desenvolver autodisciplina e criar novos hábitos

A autodisciplina, como o nome indica é a disciplina mantida por si próprio, ou como costumo dizer, a capacidade de se pôr a fazer aquilo que tem a fazer, quer lhe apeteça ou não. Para conseguir desenvolver essa habilidade, a primeira coisa a entender, é que nós humanos somos criaturas de hábitos. As pesquisas indicam que temos sensivelmente 60.000 pensamentos por dia, e que a grande maioria são os mesmos que tivemos no dia anterior, o que contribui grandemente para os nossos hábitos e rotinas terem tendência a manterem-se, a não

Folha com pincéis e tintas de diversas cores

Tenha uma visão

Já parou para pensar como é que tudo começa? Como é que indivíduos vulgares, sem nenhuma vantagem em relação aos outros conseguem realizar feitos incríveis, como tornarem-se os melhores do mundo nas suas categorias, campeões olímpicos ou empresários multimilionários. Todos começam da mesma maneira, com uma visão. A visão é sempre o primeiro passo. Ter uma visão é o primeiro passo, uma visão bem definida sobre o que deseja concretizar pode dar-lhe um impulso fabuloso no caminho em direção aos seus sonhos. Se observarmos alguns dos maiores génios da nossa era,

Mala com martelo e balança

Vai pagar o preço

Qualquer que seja o rumo da sua vida, existem sempre decisões a tomar. Se não faz nada e se deixa simplesmente levar pelo acaso, tal acontece porque tomou a decisão de o fazer, quer tenha consciência disso ou não. O medo do desconhecido é um terrível inibidor. É com muita frequência que se encontram pessoas que sabem exatamente aquilo que querem e que delinearam um plano para o atingir, mas que não conseguem dar sequer um primeiro passo. Têm medo. Medo daquilo que vão ter de abdicar, medo dos sacrifícios

Baleia nas nuvens

Zona de possibilidades

“Se fizer o que sempre fez vai ter o que sempre teve” Já ouviu esta frase? Vou explicar-lhe como é que funciona. Nós humanos somos criaturas de hábitos. Sem nos apercebermos, funcionamos diariamente da mesma maneira, com os mesmos costumes, as mesmas rotinas, a mesma lengalenga. Existem variações, mas as ações que realizamos numa base diária são sensivelmente as mesmas que temos vindo a realizar há bastante tempo. Para que saiba, temos cerca de 60.000 pensamentos por dia e na sua grande maioria, são os mesmos que tivemos no dia anterior. Como

Homem a caminhar numa estrada vazia ao anoitecer

Eles querem vê-lo falhar

Já reparou no que acontece quando tenta melhorar alguma área da sua vida? Quer decida começar a ir ao ginásio ou a desenvolver as suas habilidades de culinária, quando toma a decisão de se tornar melhor em qualquer campo, a maioria das pessoas à sua volta não fica muito contente com isso. Quando alguém decide ter um estilo de vida mais saudável, mudar a sua alimentação e praticar exercício físico, é comum ouvir as pessoas à sua volta dizer coisas do género: “Vais para o ginásio? Agora queres ser o Arnold

Homem a escalar uma montanha de gelo

A motivação é uma treta!

Consegui chamar a sua atenção com este título? Se está a ler estas palavras significa que sim. Será mesmo a motivação uma treta? A minha reposta é: Mais ou menos… Desiludido? Calma… Continue a ler. A motivação pode ser sim uma treta, vou explicar porquê:  Imagine que está a ler a biografia de uma pessoa muito inspiradora que conquistou o mundo, escreveu um bestseller, ganhou um óscar de melhor ator e descobriu as curas para várias doenças, tudo isto enquanto criava dez empresas multimilionárias. Quando chega ao fim do livro sente-se inspirado, sente que agora

error: Content is protected !!