Porque é que as redes sociais o tornam estúpido

Os avanços na tecnologia evoluíram de maneira a melhorar as nossas vidas e a torná-las mais fáceis. Estes avanços permitiram o aparecimento das redes sociais. Durante a década de 90 e inícios do século XXI, redes como a Classmates, a Six Degrees, a Friendster e o MySpace, ditaram o início de uma nova era que viria o mudar o mundo tal como o conhecíamos na altura. 

Hoje em dia, é completamente banal alguém ter um perfil no Facebook, um no Instagram e outro no LinkedIn. Contudo, num passado onde a Internet para uso doméstico era ainda uma novidade, a possibilidade de criar um perfil online com informações pessoais e torná-lo acessível a outras pessoas do outro lado do mundo era absolutamente fascinante!

Como as redes sociais mudaram vidas.

Por serem novidade, ainda não se conhecia o gigantesco potencial das redes sociais. Músicos a assinarem contratos multimilionários com editoras, apenas pelo facto de terem uma grande legião de fãs nas redes sociais, empresas a tornarem produtos em objetos de culto, fotógrafos de quem nunca ninguém tinha ouvido falar até à data a ganharem projeção internacional quase instantaneamente.

As redes sociais ajudaram muitas pessoas a fazer chegar o seu trabalho e a sua arte, a muitas outras desejosas de novos conhecimentos e novas experiências. Juntou-se o útil ao agradável!

A invasão de notificações.

Enquanto escrevo este artigo, para além do Macbook que estou a usar, estão ainda dois smartphones em cima da minha secretária, o pessoal e o de trabalho. Algures nesta sala está também o meu tablet.

Em todos estes dispositivos, tirando o Macbook, o Wi-Fi está desativado. Se não estivesse, a miríade de notificações das minhas contas de email, Facebook, LinkedIn, Instagram, Twitter, WhatsApp, Youtube e Google+ estariam constantemente a interromper o meu foco, e a minha produtividade iria por água abaixo.

Nesta altura, está provavelmente a perguntar-se porque é que uso tantas redes sociais, e a resposta é que como empreendedor, cada uma destas redes tem um papel fundamental no meu negócio. Todas diferentes, cada uma à sua maneira acrescenta valor à minha marca e ajuda-me a fazer chegar a minha mensagem ao meu público.

Redes sociais, marketing e opiniões verdadeiras.

Se chegou até ao blog Desbloqueie-se, existe uma grande probabilidade de o ter descoberto através de uma rede social. Se gostar dos artigos que aqui encontrar, voltará aqui mais vezes, possivelmente irá inclusive subscrever a newsletter para receber conteúdo exclusivo no seu email, se não gostar simplesmente não volta aqui mais.

Um dos grandes benefícios das redes sociais, é que o público vai opinar acerca da qualidade dos produtos ou serviços de uma empresa, o que faz com que já não seja possível colmatar a fraca qualidade de um produto com campanhas de marketing criativas e dispendiosas.

As estatísticas dizem-nos que quando as pessoas pensam em comprar alguma coisa, antes de o fazer vão pesquisar acerca da opinião de quem já comprou. Cada vez mais a empresas têm conhecimento deste facto, e começam a investir mais recursos no desenvolvimento de um produto do que na publicidade que lhe fazem posteriormente.

Estes são alguns dos benefícios que nos trouxeram a exposição nas redes sociais. Mas, como já deve estar à espera, e até pelo título sugestivo deste artigo, as implicações negativas também estão em evidência nas nossas vidas.

As consequências negativas das redes sociais.

O estimulo constante proporcionado pelas redes sociais tornou as pessoas viciadas em gratificação instantânea. A capacidade de se concentrarem está a perder-se e os períodos de atenção dedicados a uma tarefa estão a tornar-se cada vez mais curtos.

Há menos foco e mais estímulos emocionais, e não é como se o vídeo dos 5 gatos a miar em sintonia que a sua amiga partilhou fosse acrescentar qualidade à sua vida.

No máximo vai provocar-lhe uma risada, mas passado 30 segundos a sua vida volta ao mesmo, pode sempre continuar a ver o feed de notícias das suas redes sociais, só precisa de avançar para a próxima publicação e se tiver muitos amigos virtuais, terá um feed de notícias com publicações quase infinitas.

O efeito das redes sociais na produtividade.

Alguns inquéritos indicam que as pessoas gastam entre 3 a 4 horas por dia nas redes sociais (Portugal e Brasil). Já pensou em tudo aquilo que poderia concretizar ao longo da sua vida, se descontasse duas horas por dia das redes sociais e as utilizasse para construir algo a longo prazo?

Poderia usar esse tempo com atividades como:

– Ler livros acerca de empreendedorismo.

– Aprender alguma forma de artesanato vendo vídeos no Youtube (um uso produtivo das redes sociais).

– Escrever um livro (todas as pessoas têm um livro dentro de si).

– Praticar desporto.

– Aprender uma nova língua.

Faça uso da sua imaginação e pense sempre em tudo aquilo que mudaria na sua vida a médio e a longo prazo, se usasse 2 horas ou até 1 hora por dia, numa das tarefas mencionadas ou noutras igualmente produtivas.

Para o auxiliar nesta tarefa, existem programas que o podem ajudar a focar-se bloqueando as redes sociais e até mesmo a internet, estes programas estão disponíveis tanto para computadores como para smartphones e tablets, e fazem com que o seu acesso às redes sociais fique impedido durante o tempo que programar antecipadamente.

Não vou mencionar nenhum aqui, pois existem centenas e só precisa de fazer uma pesquisa na internet para saber qual o melhor para si.

Como se isto tudo não chegasse, um estudo publicado pelo Journal of Social and Clinical Psychology disponível no Guilford Press, demonstrou que limitar o uso das redes sociais a apenas 30 minutos por dia, leva a uma melhoria significativa do bem-estar!

O problema não são as redes sociais, somos nós!

A verdade é que não são as redes sociais que nos tornam estúpidos, mas sim o uso que fazemos delas. Está na altura de invertermos a tendência e usá-las de forma a realmente melhorarem as nossas vidas e não apenas a nos distraírem daquilo que é verdadeiramente importante.

Talvez nunca lhe tenha ocorrido, mas a verdade é que as redes sociais são aplicações em branco, quem as preenche somos nós, os utilizadores.

Pergunta: O que é que as redes sociais acrescentam de positivo à sua vida?

1 comentário em “Porque é que as redes sociais o tornam estúpido”

  1. Por acaso as redes sociais não são aplicações em branco.Têm algoritmos que usam a “Inteligência Artificial” para mostrar cada vez mais conteúdos negativos, banais ou simplesmente estúpidos aos utilizadores. Pois este tipo de conteúdos é infelizmente o que mais tempo de visualização gera.
    Sim, as redes sociais poderiam ser uma ferramenta fenomenal para promover o conhecimento e o desenvolvimento pessoal e das sociedades em geral. Mas está a fazer exactamente o contrário, a atrasar cada vez mais o mundo.

    Responder

Deixe um comentário

Receba no seu email as minhas ideias pessoais que não partilho no blog!

OS MEUS EBOOKS

Nos dias que correm, cada vez mais pessoas sentem dificuldade em decidir o que querem realizar, que objetivos escolher, que sonhos perseguir. Embora nunca houvesse uma altura na história com tantas possibilidades como existem hoje em dia, sentem-se como se estivessem presas por uns grilhões e não conseguem avançar nas suas vidas. Essas amarras invisíveis que as fazem sabotar os seus objetivos inconscientemente têm um nome:

Condicionamento social.

Tudo aquilo a que nos expomos condiciona-nos positiva ou negativamente, influenciando as nossas vidas, assim como os resultados que obtemos. Este ebook foi escrito com três objetivos principais:

Ajudá-lo a DECIDIR qual o objetivo que deve perseguir, aprender o que fazer para se LIBERTAR das influências negativas que não o deixam avançar, e ainda, ensiná-lo a AJIR desenvolvendo a sua autodisciplina.

Data de lançamento: 14 de agosto de 2019

Já se perguntou porque é que algumas pessoas parecem atingir os seus objetivos com tanta facilidade, enquanto outras parecem simplesmente “falhar” em tudo? A arte de atingir objetivos não é nenhum segredo guardado a sete chaves. 

As pessoas que conseguem o que querem têm várias coisas em comum. Como já deve ter ouvido dizer, o sucesso deixa pistas, e se quer causar mudanças positivas na sua vida, não precisa de reinventar a roda. 

Este ebook contém um método, dividido em 5 princípios, que é nada mais do que uma forma simples de proceder e com a mentalidade certa. Resume também as fundações de todas as pessoas que estão constantemente a evoluir nas suas vidas e que nunca ficam estagnadas por demasiado tempo, de uma forma prática e fácil de entender.

Data de lançamento: 18 de novembro de 2016

Folha com pincéis e tintas de diversas cores

Tenha uma visão

Já parou para pensar como é que tudo começa? Como é que indivíduos vulgares, sem nenhuma vantagem em relação aos outros conseguem realizar feitos incríveis,

Punho a partir vidro

Para seu bem encha-se de raiva!

Estamos prestes a começar um novo ano, altura em que muitas pessoas traçam novos objetivos e planeiam as suas resoluções de ano novo. A avaliação

José Lança

José Lança

José Lança é o criador do blog Desbloqueie-se, onde milhares de pessoas espalhadas pelos quatros canto do mundo já foram procurar inspiração para os seus desafios. Dedica o seu tempo à escrita de não ficção, explorando temas que abrangem desde o desenvolvimento pessoal ao condicionamento social, passando por tudo aquilo que tem impacto na produtividade pessoal de cada indivíduo. Acredita que o seu propósito de vida é atingir a maestria num único campo, ao longo de toda a sua vida.
error: Content is protected !!